29 de junho de 2009

Frase do dia

VIDA: "Nada na vida é completamente errado. Até um relógio quebrado, duas vezes ao dia está marcando a hora certa."

Norman Vincent

salvando a terra



E tem aquela: salvar o planeta todo mundo quer, mas pra lavar a louça não aparece ninguém!! (rsss)

ORAÇÃO DO ENFERMEIRO


  Nós sabemos que podemos ajudar sempre. Sabemos que uma boa palavra, um sorriso de incentivo, um pensamento construtor... são muitas vezes um bom medicamento para todos os que nos rodeiam. Senhor dai-nos força: Quando observarmos tristeza e preocupação não nos falte a vontade de ajudar, Para quando não pudermos agir, tenhamos força e coragem para falar. E quando não pudermos falar, para que possamos pensar. Pensar positivamente e possamos transmitir essa força interior: Meu Deus, Deus da luz, da força e da coragem... não deixes que a rotina arrase as nossas vidas. Senhor ajudai-nos a executar a nossa profissão com amor, sempre renovada, porque isso trará alegria a nós mesmos. Sabes Senhor... A rotina cansa e corrói as nossas almas, desalenta a carne o nosso entusiasmo. Senhor, renova cada dia o nosso armazenamento de alegria de viver, para que possamos cumprir alegremente a nossa profissão. Para que possamos receber o benefício da FELICIDADE de sermos ENFERMEIROS.

27 de junho de 2009


O soninho chegou.... sequela do plantão de ontem! gostaria de postar mais algumas coisas... mas... não vai rolar!!! Morfeu me chama!!! bye

Nas horas vagas...













EU DETESTO!!!



BEBER




COMER



25 de junho de 2009

Fragmentos

"Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária. E se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar. Com todo o perdão da palavra, eu sou um mistério para mim".

(Clarice Lispector, fragmentos)

EU GOOSTO!!






Em momentos de divagação, me pego a pensar em coisas que, definitivamente, me desagradam nesta vida... Tento não absorver todas as coisas para mim (pois nem tudo é realmente meu!!!). No entanto, entro num delírio, às vezes doentio, quando me pego a pensar na dificuldade que é entendermos as pessoas, conviver com elas...

24 de junho de 2009

Frase do dia


Quem pede a palavra nem sempre a devolve
em condições.

Max Nunes

A lição da Borboleta...


Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.
Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme
ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através
daquele pequeno buraco.
Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.
O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o
restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo
estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.
O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo.
Nada aconteceu!
Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.
O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar...


Não quero ser igual e não sou diferente



Não quero ser igual a milhares de pessoas
Que dormem e que acordam sem propósito nenhum,
Não quero ser apenas um viajante
Não quero ser apenas mais um!
Não quero ser caminho e nem placa de indicação
(Quero apenas ter realmente uma opção!)
Não quero me acostumar com fraudes
Nem com tiros na minha janela,
Nem quero fechar meus olhos
E fazer de conta que a vida bela!
Não quero me sentar na frente da tv
E me saciar com o bocado de sexo que ela me oferece,
Enquanto uma criança é morta
Enquanto seu corpo apodrece!
Não quero aceitar esse mal tão comum
A mania absurda que temos de nos dividir
Quando somos apenas um!
Não deixem que seguem teus olhos
Que envenenem teu coração,
Não existe diferença (sim opções)
SOMOS APENAS UMA ÚNICA NAÇÃO!
Daniela Gomes

23 de junho de 2009

Frase do dia

"Todos nós somos um mistério para os outros... E para nós mesmos."

Érico Veríssimo


Lembre que qualquer momento é bom para começar
e que ninguém
é tão terível para claudicar.
Não esqueça que a causa de Teu presente
é Teu passado
assim como a causa de Teu futuro
será Teu presente.
Aprende com os fortes,
de quem não aceita situações,
de quem viverá apesar de tudo,
pensa menos em teus problemas
e mais em Teu trabalho
e teus problemas sem alimentá-los
morrerão.
Aprende a nascer com a dor
e a ser maior que o maior
dos obstáculos.

DOIDA OU SANTA

“Estou no começo do meu desespero e só vejo dois caminhos: ou viro doida ou santa”.
São versos de Adélia Prado, retirados do poema A Serenata. Narra a inquietude de uma mulher que imagina que mais cedo ou mais tarde um homem virá arrebatá-la, logo ela que está envelhecendo e está tomada pela indecisão - não sabe como receber um novo amor não dispondo mais de juventude. E encerra: “De que modo vou abrir a janela, se não for doida? Como a fecharei, se não for santa?”
Adélia é uma poeta danada de boa. E perspicaz. Como pode uma mulher buscar uma definição exata para si mesma, estando em plena meia-idade, depois de já ter trilhado uma longa estrada onde encontrou alegrias e desilusões, e tendo ainda mais estrada pela frente? Se ela tiver coragem de passar por mais alegrias e desilusões - e a gente sabe como as desilusões devastam - terá que ser meio doida. Se preferir se abster de emoções fortes e apaziguar seu coração, então a santidade é a opção. Eu nem preciso dizer o que penso sobre isso, preciso?
Mas vamos lá. Pra começo de conversa, não acredito que haja uma única mulher no mundo que seja santa.. Os marmanjos devem estar de cabelo em pé: como assim, e a minha mãe??? Nem ela, caríssimos, nem ela.
Existe mulher cansada, que é outra coisa. Ela deu tanto azar em suas relações que desanimou. Ela ficou tão sem dinheiro de uns tempos pra cá que deixou de ter vaidade. Ela perdeu tanto a fé em dias melhores que passou a se contentar com dias medíocres. Guardou sua loucura em alguma gaveta e nem lembra mais.
Santa mesmo, só Nossa Senhora, mas cá entre nós, não é uma doideira o modo como ela engravidou? (não se escandalize, não me mande e-mails, estou brin-can-do).
Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida, e dá-lhe usar nosso poder de sedução para encontrar 'the big one', aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais. Uma tarefa que dá para ocupar uma vida, não é mesmo? Mas, além disso,temos que ser independentes, bonitas, ter filhos e fingir de vez em quando que somos santas, ajuizadas, responsáveis, e que nunca, mas nunca, pensaremos em jogar tudo pro alto e embarcar num navio-pirata comandado pelo Johnny Depp, ou então virar uma cafetina, sei lá, diga aí uma fantasia secreta, sua imaginação deve ser melhor que a minha.
Eu só conheço mulher louca. Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações: exagerada,dramática, verborrágica, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante.Pois então. Também é louca. E fascina a todos.
Todas as mulheres estão dispostas a abrir a janela, não importa a idade que tenham. Nossa insanidade tem nome: chama-se Vontade de Viver até a Última Gota. Só as cansadas é que se recusam a levantar da cadeira para ver quem está chamando lá fora. E santa, fica combinado, não existe. Uma mulher que só reze, que tenha desistido dos prazeres da inquietude, que não deseja mais nada? Você vai concordar comigo: só sendo louca de pedra.'
Martha Medeiros

19 de junho de 2009

Frase do dia


"Eu posso não ter ido para onde eu pretendia ir, mas eu acho que acabei terminando onde eu pretendia estar."


Douglas Adams


TOLERÂNCIA ZERO !



Seu Saraiva: meu ídolo... Quando me "baixa" o Saraivinha... rsss... nem eu me aguento!!

Coisas que eu sei


Eu quero ficar perto
De tudo o que acho certo
Até o dia em que eu mudar de opinião
A minha experiência
Meu pacto com a ciência
Meu conhecimento é minha distração

Coisas que eu sei
Eu adivinho sem ninguém ter me contado
Coisas que eu sei
O meu rádio relógio mostra o tempo errado
Aperte o play
Eu gosto do meu quarto
Do meu desarrumado
Ninguém sabe mexer na minha confusão
É o meu ponto de vista
Não aceito turistas
Meu mundo ta fechado pra visitação

Coisas que eu sei
O medo mora perto das idéias loucas
Coisas que eu sei
Se eu for eu vou assim não vou trocar de roupa
É minha Lei
Eu corto os meus dobrados
Acerto os meus pecados
Ninguém pergunta mais depois que eu já paguei
Eu vejo o filme em pausas
Eu imagino casas
Depois eu já nem me lembro do que eu desenhei

Coisas que eu sei
Não guardo mais agendas no meu celular
Coisas que eu sei
Eu compro aparelhos que eu não sei usar
Eu já comprei
Ás vezes dá preguiça
Na areia movediça
Qto mais eu mexo, mais afundo em mim
Eu moro em um cenário
Do lado imaginário
Eu entro e saio sempre quando eu tô afim

Coisas que eu sei
As noites ficam claras no raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes eu somente não sabia...

Agora eu sei

(Danni Carlos)
Só por Deus... mesmo!! tem pessoas que não tem explicação... outro dia ouvi uma muito engraçada. O mundo divide-se em dois tipos de pessoas: as "sem noção" e as "com noção".... entende?
Mais ou menos isso. Estava aqui pensando num ocorrido ontem de manhã e me lembrei disso.
Mas já passou!!!

A propósito tava muito bom o galeto ontem à noite. Bem divertido.

A mulher de Virgem


Se Florence Nightingale era Virgem
Não sei… mas o mal é de origem.
A mulher de Virgem aceita a amante
Isto é: desde que não a suplante.
Sexo de consumo, pães-de-minuto
Nada disso lhe há de faltar
O condomínio é absoluto
A Virgem é mulher do lar.
Opala, safira, turquesa
São suas pedras astrais
Na cuca, muita esperteza
Na existência, muita paz.
Vinícius de Moraes


Muito sábio este Vinícius... hehehe

16 de junho de 2009

Frase do dia


"Muitas vezes nos arrependemos de ter falado, mas nunca de ter calado.
"

Simônides


Quando não tinha nada eu quis
Quando tudo era ausência esperei
Quando tive frio tremi
Quando tive coragem liguei

Quando chegou carta abri Quando ouvi Prince dancei Quando o olho brilhou, entendi Quando criei asas, voei

Quando me chamou eu vim Quando dei por mim tava aqui Quando lhe achei, me perdi Quando vi você, me apaixonei

Quando não tinha nada eu quis Quando tudo era ausência esperei Quando tive frio tremi Quando tive coragem liguei Quando chegou carta abri Quando ouvi Salif Keita dancei Quando o olho brilhou, entendi Quando criei asas, voei Quando me chamou eu vim Quando dei por mim tava aqui Quando lhe achei, me perdi Quando vi você, me apaixonei


SUTILMENTE



E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe
E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti
Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti



Mulheres


As mulheres ...
não se definem apenas pela carga
do sexo que carregam.
A mulher é um mundo único,
eterno, de força, paixão,
amor, sensualidade e poder. Toda mulher tem no seu íntimo
uma magia própria de fazer acontecer,
de dar um jeito, de dar o peito.
dar um colo ... fazer bem feito. Toda mulher traz na alma
a força dos ventos,
o fascínio de um cavalo selvagem,
a sensibilidade de uma flor,
que sente, pressente, intui ...
se abre no momento certo
e exala seu perfume. Ela galopa contra o vento,
enfrenta tormentas,
carrega consigo suas mágoas
e as dissipa no ar. Tem a alma leve, apaixonada ...
não abandona o que acredita por nada.
Tem medo, tem asas, preza sua liberdade,
divide com aquele que acredita sua vida,
seu amor e sua alma.

Mais eu...


Ninguém vê
O que vejo
Faz O que faço
Sente
O que sinto
Sou eu
De pedaço
Em pedaço.
Ninguém sente
A pele que visto
Por isso
Eu sou eu
E apenas eu
Desde que existo.

Sérgio Capparelli

Esperamos



Esperamos demais para fazer o que precisa ser feito, num mundo que só nos dá um dia de cada vez, sem nenhuma garantia do amanhã. Enquanto lamentamos que a vida é curta, agimos como se tivéssemos à nossa disposição um estoque inesgotável de tempo.
Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para por de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo.
Esperamos demais para sermos generosos,deixando que a demora diminua a alegria de dar espontaneamente.
Esperamos demais para ser pais dos nossos filhos pequenos,esquecendo quão curto é o tempo em que eles são pequenos,quão depressa a vida os faz crescer e ir embora.
Esperamos demais para dar carinho aos nossos pais, irmãos e amigos.Quem sabe quão logo será tarde demais??
Esperamos demais para enunciar as pessoas que estão esperando para atravessar nossos lábios,para
executar as tarefas que estão esperando para ser cumpridas,para demonstrar o amor que talvez não seja mais necessário amanhã.
Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco.
Deus também está esperando, esperando nós pararmos de esperar. Esperando nós começarmos a
fazer agora tudo aquilo para o qual este dia e esta vida nos foram dados.

Ser mãe


Ser mãe é o projeto mais nobre e encantador de uma vida;
Que transforma a frágil mulher em lutadora aguerrida;
É uma entrega constante de tudo o que tem;
É investimento árduo e abençoado também.
Ser mãe é a missão do mais puro amor autodoado;
Que transforma a alma fria num coração inflamado;
É passar noites inteiras acordadas sem sequer dormitar;
É transformar a simples casa em aconchegante e doce lar.
Ser mãe é o investimento mais lucrativo para o futuro de uma criança;
Que transforma o frágil filho num homem cheio de esperança;
É doar-se a si mesma no seio que a fome sacia;
É trabalho que começa cedo pra nunca ter a dispensa vazia.
Ser mãe é a atitude mais pura que transcende a própria experiência;
Que transforma a dureza da vida numa bela e doce existência;
É a postura mais dócil que nasce numa alma apaixonada;
É árvore que produz frutos mesmo fora da estação desejada.
Ser mãe é deixar exalar a fragrância delicada do perfume da vida;
Que transforma o deserto em jardins de flores coloridas;
É botão de rosas que se abre com suas pétalas avermelhadas;
É a imagem mais querida, amada e desejada.
Ser mãe é a expressão do mais puro amor que o humano pode gerar;
Que perdoa a mais insana alma e a todos pode abençoar;
É manancial de água pura sempre disposta a jorrar;
É a vela que ao queimar se acaba enquanto ilumina o lar.

Adaptado de Reverendo Carlos Alberto Henrique



Enfermeira...
Não anda, deambula.
Não se acha, tem disposição para o auto-conceito melhorado.
Não se apaixona, tem reações químicas induzidas pelas respostas emocionais.
Não dorme, tem queda de consciência.
Não dá mole, oferece apoio emocional.
Não lava as mãos, faz antissepsia.
Não bébe, aumenta a ingesta hídrica.
Não chora,produz secreções lacrimais.
Não dá conselho, faz orientação.
Não fica triste, tem campo de energia perturbado.
Não faz xixi, tem micção espontânea.
Não fofoca, faz anamnese.
Não cai, tem queda da própria altura.
Não tem insônia, tem padrão de sono perturbado.
Não tem desejo sexual, tem aumento da libido.
Não tem TPM, tem síndrome do stress por mudança.
Não se acha feia, tem baixa auto-estima situacional.
Não se machuca, tem integridade da pele prejudicada.
Não usa dicionário, usa o NANDA.
Não fica bêbada, fica desorientada auto e halopsiquicamente.

Essa eu copiei da minha amiga Arlene.. Show!

Eu X Eu

Tantos planos frustrados, amores acabados. Amizades construídas, e tantas outras perdidas! Quantas lágrimas, muitos sorrisos. Mentira e intensidade. Ilusão e verdade. Contradição extremada. Quantos abraços que não foram dados! Beijos desperdiçados. Quanta loucura, tanta serenidade! Contradição extremada Vida abortada. Intensidade. Muito sonho, pouca realidade. Muita realidade, pouco sonho. Contradição extremada Quem sou eu? Não sei. Apenas sou. Sou uma, a única, aquela, essa, e tantas outras. Contradição extremada Sou a que ama, e também a que xinga. Sou tudo, sou nada! Contradição extremada Sou a bela, a loucura e imaginação. Sou a fera, a realidade e devassidão. Contradição extremada Sou a que arde e queima, mas também sou aquela que apaga. Sou uma, duas e quantas você quiser. Contradição extremada Essência escancarada!

por Isabela Kastrup

15 de junho de 2009

Frase do dia


"Faça de tudo uma vez... E o que mais gostar, faça duas.
"

Tom Wilson

Síndrome de Burnout Origem: Wikipédia

A chamada Síndrome de Burnout é definida por alguns autores como uma das conseqüências mais marcantes do estresse profissional, e se caracteriza por exaustão emocional, avaliação negativa de si mesmo, depressão e insensibilidade com relação a quase tudo e todos (até como defesa emocional). O termo Burnout é uma composição de burn=queima e out=exterior, sugerindo assim que a pessoa com esse tipo de estresse consome-se física e emocionalmente, passando a apresentar um comportamento agressivo e irritadiço. Essa síndrome se refere a um tipo de estresse ocupacional e institucional com predileção para profissionais que mantêm uma relação constante e direta com outras pessoas, principalmente quando esta atividade é considerada de ajuda (médicos, enfermeiros, professores). Outros autores, entretanto, julgam a Síndrome de Burnout algo diferente do estresse genérico. Para nós, de modo geral, vamos considerar esse quadro de apatia extrema e desinteresse, não como sinônimo de algum tipo de estresse, mas como uma de suas conseqüências bastante sérias. De fato, esta síndrome foi observada, originalmente, em profissões predominantemente relacionadas a um contacto interpessoal mais exigente, tais como médicos, psicólógos, carcereiros, assistentes sociais, comerciários, professores, atendentes públicos, enfermeiros, funcionários de departamento pessoal, telemarketing e bombeiros. Hoje, entretanto, as observações já se estendem a todos profissionais que interagem de forma ativa com pessoas, que cuidam ou solucionam problemas de outras pessoas, que obedecem técnicas e métodos mais exigentes, fazendo parte de organizações de trabalho submetidas à avaliações. Definida como uma reação à tensão emocional crônica gerada a partir do contato direto, excessivo e estressante com o trabalho, essa doença faz com que a pessoa perca a maior parte do interesse em sua relação com o trabalho, de forma que as coisas deixam de ter importância e qualquer esforço pessoal passa a parecer inútil. Entre os fatores aparentemente associados ao desenvolvimento da Síndrome de Burnout está a pouca autonomia no desempenho profissional, problemas de relacionamento com as chefias, problemas de relacionamento com colegas ou clientes, conflito entre trabalho e família, sentimento de desqualificação e falta de cooperação da equipe. Os autores que defendem a Síndrome de Burnout como sendo diferente do estresse, alegam que esta doença envolve atitudes e condutas negativas com relação aos usuários, clientes, organização e trabalho, enquanto o estresse apareceria mais como um esgotamento pessoal com interferência na vida do sujeito e não necessariamente na sua relação com o trabalho. Entretanto, pessoalmente, julgamos que essa Síndrome de Burnout seria a conseqüência mais depressiva do estresse desencadeado pelo trabalho.

refletindo........

É fantástico quando nos damos conta da nossa capacidade de mudarmos nossa forma de pensar e de ver o mundo. Hoje relembro como me comportava em relação a algumas situações vividas há alguns anos atrás e, não tenho dúvida, não me enlouqueço mais sequer um terço do que me estressava (por tudo!). Acho que a diferença básica do nosso comportamento é nos darmos conta do que tudo isso vai fazer de diferença na nossa vida. Algo tipo, o que vai nos acrescentar: mais alegrias, crescimento, amadurecimento profissional, ou uma "puta" enxaqueca pro resto dos nossos dias??? Há alguns anos atrás, nas minhas relações de trabalho, eu enfrentava situações muito desconfortáveis no meu dia-a-dia. Confrontava meus ideais com uma realidade nem sempre tão próxima dos meus anseios. E sofria, sofria, sofria... E chorava, chorava, chorava... Verdade! Pois bem, é uma tarefa muito árdua e complexa (quando iniciamos/entramos no nosso espaço profissional), conciliar atributos como qualificação, competência, envolvimento e dedicação com as diretrizes estratégicas da empresa onde trabalhamos (hehehe... isso me lembra algo!!) . Não importa sua área de atuação (comércio, indústria, prestação de serviços, etc). O velho dilema qualidade x quantidade ainda fala muito alto. Se você saiu da sua formação acadêmica ansiando por grandes mudanças ou querendo muito "marcar" o seu espaço, pode descobrir que isto não é assim tarefa tão fácil, não...rsss. Falta de reconhecimento e expectativa de crescimento também te frustram com o passar dos anos. Te fazem sofrer. Ao contrário, ter seu trabalho reconhecido e valorizado te faz sentir-se útil, produtivo e realizado profissionalmente. Aquela necessidade de sentir que teus esforços são recompensados é inerente a qualquer indivíduo, imagino.
Não quer dizer que hoje estas coisas não me incomodam mais... até porque hoje, felizmente, após 15 anos de formada, estou conseguindo um espaço onde me dedico a qualidade do trabalho que realizo. Na prática, vemos que produtividade não rima, necessariamente, com qualidade.
É fato que tudo que vivemos nos oportuniza um aprendizado fantástico (embora a gente saiba que isso não acontece com todos... hehehe). Desta forma, digo que aprendi muito nesta minha jornada profissional. Adquiri habilidade técnica associada ao conhecimento científico, visão gerencial e noções fundamentais de administração de uma unidade assistencial na área de saúde. Mas me pergunto: e daí??? Após 12 anos, ingressei em uma Instituição hospitalar de grande porte, via concurso público, saída também de uma grande instituição, porém privada. E o que aconteceu com toda aquela bagagem??? Hehehe... sei lá, nem me perguntaram se fui de trem ou avião. Quanto mais se eu tinha BAGAGEM!
Então, conclui neste últimos três anos, que às vezes não vale a pena alguns desgastes emocionais. Claro, quem me conhece, deve estar rindo sozinho..... "Até parece, Ana, esta não é você! " Tá, é verdade, sou muito intensa, e dificilmente não vou me envolver emocionalmente com algo que realmente mexa com minhas idéias ou vá muito de encontro com minhas crenças. Mas, tudo isso é para refletir na nossa capacidade de sublimar algumas situações... Deixar passar,entender que nem tudo "é pra gente" (como diz minha amiga Mary). Se é meu, vou levar, se não, pegue quem quiser!!

Quero

Quero viver o dia de hoje como se fosse o primeiro...
como se fosse o último...
como se fosse o único...
Quero viver o momento de agora,
como se fosse cedo,
como se fosse tarde...
Quero dar o máximo de mim
para viver intensamente,
e maravilhosamente,
Todos os dias da minha vida!

(autor desconhecido)

14 de junho de 2009

Frase do dia


"Não estou no mundo para corresponder às expectativas alheias. Minha vida pertence a mim. E isso é igualmente verdadeiro para os demais seres humanos.
"

Nathaniel Branden


a ausência...

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond

Pra quê isso?!?

Pois é... sempre pensei: deve ser legal ter um blog, um espaço para se dizer o que se pensa, o que se gosta, o que nos intriga, o que nos fascina... sei lá... um espaço seu, onde se possa compartilhar idéias, pensamentos, enfim...
Quem vai vê-lo? sei lá... esta é uma experiência nova!
Mas penso que gosto da possibilidade de falar (escrever) as idéias que estão soltas na minha cabeça. Falo demais. Nossa, como falo (é o que dizem...). Então, talvez exercite mais o silêncio verbal (porque minha mente não se cala, JAMAIS)
Que idéias são essas? não sei, ainda... coisas que gosto e que desgosto; meus erros e acertos; afinidades e discordâncias; momentos que amo e que odeio; prazeres e desprazeres; pessoas que curto e as que nem tanto(as dispensáveis, digamos assim); lugares que conheço, conheci ou quero conhecer...; amor, saudades, compaixão, solidariedade, amizade, ética, moral, caráter, realização profissional, a essência da família... O dia-a-dia, o cotidiano, aqueles momentos de tédio... A tristeza, a melancolia, o vazio...

Todas essas idéias remetem a sentimentos, bons ou ruins (sempre!). Preciso dividir....

"Deixa, deixa, deixa, eu dizer o que penso desta vida, preciso demais desabafar!!"

um poema

"Começo a conhecer-me. Não existo.
Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram,
Ou metade desse intervalo, porque também há vida...
Sou isso, enfim...
Apague a luz, feche a porta e deixe de ter barulhos de chinelos no corredor.
Fique eu no quarto só com o grande sossego de mim mesmo.
É um universo barato".

Álvaro de Campos